Traços de Ploeg se conectam com a engenharia e arquitetura | Radar Econômico

Lançamentos
15/04/21

No momento carente por mais leveza, a arte pode ser um dos meios usados para expressar novos olhares sobre o mundo. Uma lei municipal já prevê que todo edifício com mais de mil metros quadrados precisa expor uma obra de arte. Mas, as construtoras estão indo além. Um exemplo disso são as telas pintadas pelo artista plástico holandês, Roberto Ploeg , que já mora há quase 40 anos em Pernambuco, e dão “cara” ao empreendimento imobiliário, Terraço Jaqueira.

Imagem

Momentos em família, nas ruas, rostos de pessoas são algumas das cenas traduzidas nas obras do artista holandês.

A Rio Ave convidou Ploeg para ilustrar a campanha do novo projeto, próximo ao Parque da Jaqueira. O pintor – que comemora 25 anos de atuação no mundo das artes – se debruça sobre o mundo para retratar o dia a dia das pessoas, tentando capturar traços, formas, sentimentos, cores, luz e sombras. Cenas nas ruas, momentos em família, rostos de pessoas. Inclusive, até semana passada, Ploeg estava expondo 21 obras, no Arte Plural Galeria, no Bairro do Recife.

TELAS – Com a pintura, o humanista resgata coisas simples e valiosas do cotidiano, como uma criança se refrescando com água em um jardim e um homem fazendo o plantio de uma muda, sob o olhar atento de uma mulher. Além da sensação de bem-estar que as imagens passam, elas trazem o verde como ponto em comum, bastante presente na arte e no projeto arquitetônico do residencial.
São detalhes na pintura em óleo sobre tela, que fazem conexão com todo o paisagismo natural do empreendimento, considerado um refúgio verde em seis tipos de plantas, com sensação de casa. “Queríamos humanizar mais a campanha, ressaltar o verde do bairro, com cenas do dia a dia atreladas à cultura da nossa cidade”, explica a diretora de mercado da Rio Ave, Carolina Tigre. As obras estão expostas no showroom do empreendimento, na Rua João Tito Rosas, 92.

 

Imagem

Gentileza em tapumes

A Rio Ave já criou outras iniciativas que integram engenharia e arquitetura com o mundo das artes e, ainda, embelezam a cidade. No ano passado, aproveitou o terreno onde iria construir um residencial para criar uma galeria ao ar livre, em um mural de 200 metros, em Boa Viagem. Foram selecionadas 14 obras de artistas pernambucanos e estrangeiros, mapeadas pelo projeto Recife Arte Pública. Quem passava a pé ou de carro pelas Avenidas Conselheiro Aguiar, Domingos Ferreira e Padre Carapuceiro podia admirar obras de Francisco Brennand, Abelardo da Hora, Cícero Dias, Corbiniano Lins e Lula Cardoso Ayres.

A construtora já havia feito parceria com artista Galo de Souza para intervir na paisagem urbana e grafitar sete tapumes de suas obras, com o projeto Avenida Colorida. Em outra ocasião, também já expôs fotos de diversos pontos da cidade também em tapumes.

Fonte: http://radareconomico.net/tracos-de-ploeg-se-conectam-com-a-engenharia-e-arquitetura/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=tracos-de-ploeg-se-conectam-com-a-engenharia-e-arquitetura

Conheça o novo lançamento da Rio Ave: Terraço Jaqueira

A Rio Ave está de volta a Zona Norte. O Terraço Jaqueira pode ser considerado o seu refúgio verde. Um apartamento com todas as sensações de casa. Descubra.

Conheça
Imagem